Notícias

Secretaria de Saúde de Janaúba monitora local onde foram encontradas ossadas de primatas (macacos)

Pela manhã desta terça-feira, 24, a Secretaria Municipal de Saúde de Janaúba foi informada, através de moradores do distrito de Barreiro da Raiz que teriam encontrado ossadas e cadáveres de macacos, em uma área silvestre.

Imediatamente a vigilância Ambiental e Controle de Endemias foi acionada e uma equipe foi deslocada ao local e constatou quatro ossadas de animais da espécie primata (macaco). Devido ao estado dos mesmos foi impossibilitada a realização de exames pelo laboratório de referência da Fundação Ezequiel Dias (Funed) para diagnosticar a real causa dos óbitos. Não podendo afirmar ou descartar se os animais morreram em decorrência de febre amarela.

Sob orientação da Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros, os restos mortais foram devidamente dispensados pelos técnicos, em local apropriado. Conforme protocolo da Vigilância em Saúde, algumas medidas estão sendo tomadas, como: monitoramento da área e vacinação contra a febre amarela, para os casos preconizados pelo Ministério da Saúde.

"Constatamos que no local onde os macacos foram encontrados existe plantação de banana. Essas mortes podem relacionar-se com intoxicação por defensivos agrícolas e também vários outros motivos", ressaltou Wiliam Barroso, Coordenador da Vigilância Ambiental e Controle de Endemias.

O Estado somente altera a estratégia de ações de combate à doença quando é definitivamente confirmado caso de febre amarela na região. Sendo assim, a vigilância Ambiental e Epidemiológica solicita que, caso alguém perceba que algum animal da espécie primata (macaco) esteja esmorecido (doente) ou venha a óbito, para avisar imediatamente à vigilância pelo telefone 3821 - 4335, para investigação.


VACINAÇÃO


A notícia dos macacos mortos na localidade de Barreiro da Raiz, seguramente, aumentará a procura pela vacina. Para tanto, a Secretaria Municipal de Saúde já está se articulando para que não venha faltar.