Notícias

FEIRA LIVRE É INAUGURADA EM JANAÚBA

Janaúba agora tem um novo canal de vendas de produtos frescos que propiciam qualidade de vida para a população.

Janaúba agora tem um novo canal de vendas de produtos frescos que propiciam qualidade de vida para a população. Foi inaugurada, na manhã de quarta-feira, dia 29 de junho, a Feira Livre da Agricultura Familiar. A iniciativa é da Prefeitura de Janaúba, através da Secretaria de Agronegócios em parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG). Nas barracas instaladas na Avenida Tancredo Neves, no bairro Santo Antônio, são comercializadas frutas, legumes, hortaliças, ervas medicinais e quitandas produzidas pelos agricultores familiares do município.


A ação concretiza um sonho da atual administração e atende a uma reivindicação da população e dos agricultores. Um deles é Joana Lemos Rodrigues, moradora da comunidade Nova Esperança-Fazenda Muquém. Joana explica a importância da Feira Livre: “A feira representa muito para nós, pois é uma oportunidade oferecida para os produtores rurais de venderem seus produtos e garantir o sustento da casa”. 


A função da Secretaria de Agronegócios é mobilizar e apoiar os produtores rurais, além de zelar pelas barracas. O secretário da pasta, José Cláudio Viana de Azevedo, conta que a inauguração da feira oportuniza aos moradores na obtenção de um alimento saudável, fresco e fiscalizado. “A feira livre vai movimentar a avenida e atender aos bairros vizinhos. É uma ascenção do pequeno produtor no mercado consumidor e uma forma dele vender seu produto para garantir sua renda”, disse o secretário.


O gerente regional da Emater-Janaúba, Irisvan Aparecido dos Santos, explica que a empresa auxiliará os agricultores na assistência técnica, para que obtenham excelência na produção de uma agricultura limpa e sem agrotóxicos. “Essa é uma forma de descentralizar a comercialização dos produtos, de forma que gere benefícios à agricultura familiar”, completa Irisvan.


A feira acontecerá todas as quartas-feiras com a participação exclusiva de feirantes com perfil da agricultura familiar, previamente inscritos e organizados. Os agricultores inscritos trabalharão no espaço em regime de rodízio, sendo dois agricultores por comunidade a cada semana.