Notícias

Secretaria de Promoção Social reúne entidades e janaubenses para debate sobre Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

A discussão fez parte das atividades alusivas ao dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, promovidas pela Secretaria de Municipal de Promoção Social.

Um debate sobre a Violência Infantil marcou o dia 18 de Maio em Janaúba. A discussão fez parte das atividades alusivas ao dia Nacional de  Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, promovidas pela Secretaria de Municipal de Promoção Social. O evento, promovido na Câmara de Vereadores, contou com a presença de representantes do poder público como: Polícia Militar, Promotoria de Justiça, Conselho Tutelar, além dos diretores e coordenadores do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e do Presidente da Câmara de Vereadores . Também participaram dessa discussão, estudantes, educadores e membros da sociedade civil organizada.


Com o objetivo de mobilizar a sociedade brasileira e convocá-la para o engajamento contra a violação dos direitos sexuais de crianças e adolescentes, 18 de maio foi estabelecido como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Neste dia, em 1973, uma menina de oito anos, de Vitória (ES), foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada. Seu corpo apareceu seis dias depois, carbonizado e os seus agressores nunca foram punidos. Com a repercussão do caso, e forte mobilização do movimento em defesa dos direitos das crianças e adolescentes, 18 de maio foi instituído como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Desde então, esse se tornou o dia para que a população brasileira se una e se manifeste contra esse tipo de violência. 


Durante o debate promovido na Câmara, os presentes puderam falar sobre as ações feitas em Janaúba a fim de proteger as vítimas de abuso e exploração sexual. Mais do que isso, as falas foram direcionadas a importância da prevenção desse tipo de situação, uma vez que medidas que evitem a violência praticada contra crianças e adolescentes são mais efetivas. “Não estamos aqui para comemorar esse dia e sim para discutir e refletir sobre um tema de tamanha importância para o nosso município, que é proteger nossas crianças e adolescentes da violência, da exploração e do abuso sexual. Nós, da Secretaria de Promoção Social de Janaúba, estamos atentos a essa questão e atuamos em conjunto com nossos parceiros a fim de prevenir tais situações. Infelizmente, o número de casos de violência desse tipo ainda nos preocupa, por isso, quando não conseguimos prevenir, trabalhos através da assistência as famílias e as crianças e adolescentes vítimas desse tipo de situação,” relatou o Secretário dessa pasta, Euler Rodrigues.


Entre as falas aplaudidas e apoiadas, estava a Tenente Jeane, do 51º Batalhão da Polícia Militar de Janaúba. Representando o comandante do Batalhão, o tenente-coronel Marcelo Alves Coelho, a Tenente foi objetiva ao dizer que é necessário que toda a sociedade se mobilize na defesa de nossas crianças e adolescentes. “Precisamos do apoio de todos, pois, só com a união e sensibilização de toda a sociedade, vamos conseguir aumentar o número de denúncias e assim, prevenir que mais casos aconteçam.” Além da união de toda a sociedade, a Tenente ressaltou que hoje, a Polícia Militar trabalha com diversos programas preventivos, como por exemplo, o  Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD) que desde sua implantação em Janaúba, já atendeu cerca de 30 mil crianças na área de atuação do Batalhão. “Reforço que precisamos atuar com a prevenção desse tipo de violência, assim como as demais que infelizmente vivenciamos. Dessa forma, programas como o PROERD, contribuem para o bem estar social dos nossos atendidos ajudando-os a ter uma vida mais digna e, por conseguinte, uma sociedade mais pacificada.”


Além dos programas desenvolvidos pela Polícia, Tenente Jeane lembrou que além dos canais de denúncia já existentes e utilizados pela polícia militar, a entidade conta agora com o Zap Denúncias. Através do aplicativo Whats app, é possível enviar uma mensagem relatando casos, sem que haja a identificação do denunciante. “Nosso trabalho se baseia em apurar as denúncias a fim de evitar que mais casos de violência aconteçam ou de agir mediante o que orienta a lei, punindo os infratores. Assim, o Zap Denúncia é mais um canal de comunicação entre sociedade e a Polícia Militar. Lembro a todos que a denúncia é anônima e, sendo que não revelamos a identidade, nem o número do contato telefônico de quem denuncia.”


Ao final do debate, o público presente pode se manifestar e propor medidas de prevenção e combate a violência, ao abuso e a exploração sexual em Janaúba. Os contatos dos Zap Denúncias, do CREAS e do CRAS, também foram repassados a população para que o acesso a essas instituições sejam divulgada e facilitada. Se você leitor souber de algum caso de abuso e violência contra crianças e adolescentes, não se omita, denuncie. Procure a Secretaria de Promoção Social que fica situada a Rua Américo Soares, 760, Centro. O telefone de contato é 3821-4512. Você também pode realizar denuncias através do número 100 – Disque Nacional ou por meio do Zap Denúncias da Polícia Militar 99142-4807. Além da prevenção, o combate a essa realidade exige que os casos sejam denunciados.