Notícias

Prefeitura de Janaúba adere ao movimento de paralisação da AMM e fecha as portas, segunda-feira, dia 24

Pelo menos 600 prefeituras no Estado de Minas Gerais, entre elas, a de Janaúba, na microrregião da Serra Geral de Minas decidiram fechar as portas na próxima segunda-feira, dia 24 de agosto. Em Janaúba, o prédio da Prefeitura ficará fechado e parte dos serviços públicos serão interrompidos no município, exceto os que são considerados essenciais, como saúde.
O movimento “Crise nos Municípios: prefeituras de Minas param por você”, tem o apoio da Associação Mineira de Municípios (AMM), e tem por finalidade pressionar o governo federal e estadual para o cumprimento das responsabilidades com os municípios.
Para explicar aos cidadãos quais os motivos da mobilização e expor a difícil situação enfrentada pelas prefeituras, a AMM elaborou materiais informativos com as principais reivindicações dos municípios. Cartilhas e panfletos foram enviados a todas as prefeituras e microrregionais do Estado para que possam disseminar as informações para a população.
O presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM) e prefeito de Pará de Minas, Antônio Júlio, ressaltou que a crise que o país enfrenta é essencialmente política e a mais grave vivenciada nos seus 35 anos de vida pública. “Nós, prefeitos estamos sem representatividade. Vemos um país sem comando e o Congresso Nacional não tem mostrado reação. As prefeituras estão fazendo adequações no orçamento e já demitiram muitos servidores. Estamos cortando na carne. A AMM vai dar todo o apoio aos prefeitos que decidirem aderir o movimento”.
Entre as reivindicações estão a recuperação do Fundo de Participação de Municípios (FPM), a redistribuição da arrecadação de impostos, definição dos repasses pendentes dos convênios entre a União, estados e municípios e revisão do Pacto Federativo.