Notícias

Empresa de Call Center inaugura unidade em Janaúba neste sábado

Já operando no município a VGX gera 250 empregos diretos e poderá injetar na economia até R$ 400 mil mensal

Enquanto o país vive um rigoroso ajuste fiscal para retomar o crescimento em diferentes setores da economia e evitar mais demissões, em Janaúba, cidade polo da Região da Serra Geral de Minas anda na contra mão da crise, e centenas de novas vagas de empregos são geradas pela VGX Contact com atuação no segmento de Call Center, em parceria com a Prefeitura Municipal. A inauguração da unidade é neste sábado (27) as 14h30, na avenida Manoel Athayde, no bairro Santa Cruz. A empresa iniciou suas atividades no município no último dia 8, e gera atualmente 250 empregos diretos.


A informação é do empresário, Victor Silveira, gestor comercial da VGX. De acordo com ele, as perspectivas diante da atuação da empresa no município são vistas com bons olhos, por isso espera elevar o número de postos de trabalho de 250 para 400 empregos diretos. Ele informa que a empresa que está no mercado a 3 anos, e atende a todo o Brasil. No caso do Call Center em Janaúba, o cliente da empresa é a Claro.


A instalação da empresa no município é resultado de uma importante parceria entre a Prefeitura Municipal e a referida empresa que é contemplada com incentivos municipais pela Prefeitura que tem como finalidade atrair novos investimentos para o Município. Entre os incentivos proporcionados à VGX estão a cessão de um imóvel para a construção da sede própria na cidade, isenção de impostos, entre outros.


Após a consolidação desses incentivos municipais, com a devida aprovação da Câmara Municipal, o prefeito Yuji Yamada e o vice - Rodrigo Rodrigues comemoram a abertura dos novos postos de trabalho em Janaúba. Otimista, com o empreendimento no município o empresário, Victor, agradeceu o apoio do prefeito Yuji Yamada, do vice, Rodrigo Rodrigues e do chefe de gabinete, Paulo Nunes, bem como a Câmara Municipal, que não mediram esforços para que a empresa se instalasse na cidade.


Ainda de acordo com o empresário, somente com a folha de pagamento dos funcionários serão injetados mensalmente na economia janaubense, entre R$ 300 mil e R$ 400 mil reais.