Notícias

Prefeito Yuji é recebido pelo prefeito Ruy Muniz, nas instalações das Faculdades Promove de Janaúba

O empresário e prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz, recebeu na manhã da última segunda-feira, (23) no Campus das Faculdades Promove de Janaúba, um de seus novos empreendimentos, o prefeito de Janaúba, Yuji Yamada, juntamente com assessores, entre eles o chefe de gabinete, Paulo André Nunes e o secretário de Obras e Serviços Urbanos, Domingos Pereira (Duzim).


Na oportunidade os prefeitos abordaram temas variados, como a administração privada, a política, é claro, e os desafios que a administração pública impõe aos seus gestores, principalmente em um ano de crise em que o país enfrenta ajustes em sua economia para voltar a crescer.


Ainda na ocasião o prefeito Ruy Muniz, que se encontrava acompanhado de diretores das Faculdades Promove de Janaúba, caso da professora, secretária de Educação janaubense e vice-diretora das referidas faculdades na cidade, Maria Marta de Oliveira, percorreu o complexo educacional, apresentado ao prefeito yuji e assessores, além do radialista e diretor da Rádio Sociedade Gorutubana AM, Antonino Neves Sobrinho (Tonão).


Durante a visita às instalações do campus das Faculdades Promove na cidade janaubense o prefeito Yuji ouviu do prefeito montesclarense, Ruy Muniz, que foi


taxativo ao afirmar que o investimento da ordem de R$ 10 milhões que realiza no município gorutubano com a edificação das obras das faculdades (5 mil metros de área construída) com capacidade para 3 mil alunos, acontece em razão do boom de crescimento que Janaúba vive no momento.


Ruy explica que a cidade tem a mesma realidade de Montes Claros a cerca de 30 anos. Na visão do prefeito Ruy, Janaúba se consolida como polo em educação na região da Serra Geral de Minas, e ainda caminha para se tornar também referência em saúde para essa região, e parte do estado da Bahia, podendo se consolidar como segundo polo em saúde do Norte de Minas, ficando atrás apenas de Montes Claros.


Para isso, o empresário e prefeito de Montes Claros - a maior cidade do Norte de Minas, disse que é necessário o poder público criar as condições propensas a levar, tanto o governo estadual como o federal a comprar a citada ideia investindo no sistema de saúde janaubense.


Para ele, seria essa a forma de induzir autoridades políticas das duas esferas de governo, e assim, viabilizar a criação, do que chama de segunda-macro de saúde do Norte de Minas em Janaúba, o que atrairia um número muito mais expressivo de atendimentos, levando em conta a população da região da Serra Geral, e até de municípios baianos que hoje recorrem a Montes Claros em busca de atendimentos médicos complexos e especializados que nesse caso poderiam ser ofertados em Janaúba que conta com três hospitais (Fundajan, Regional e o hospital de Olhos). Compõe ainda essa estrutura o Instituto de Cardiologia de Janaúba, o Centro de Diagnóstico Por Imagem, além das clínicas com atuação em diferentes especialidades.


Essa medida, além de desafogar o sistema de saúde de Montes Claros, que hoje responde pelo atendimento de uma população estimada em 1 milhão e 600 mil pessoas, representaria, segundo Ruy Muniz a atração de receita de pelo menos R$ 100 milhões para a saúde janaubense, frente aos R$ 360 milhões a que a Prefeitura montesclarense tem em seu caixa para investir no setor.