Notícias

CAPSi de Janaúba é referência microrregional

Centro de Atenção Psicossocial Infanto-juvenil (CAPSi) Raio de Sol, é referência microrregional na atenção e tratamento da criança e adolescente com sofrimento mental ou que fazem abuso de substâncias.

A Prefeitura Municipal de Janaúba, através da Secretaria Municipal de Saúde, tem trabalhado para promover melhores condições de vida para toda a população janaubense e da região da Serra Geral. Prova disso é o Centro de Atenção Psicossocial Infanto-juvenil (CAPSi) Raio de Sol, que é referência microrregional na atenção e tratamento da criança e adolescente com sofrimento mental ou que fazem abuso de substâncias. Com atendimento feito a 14 municípios vizinhos, o CAPSi em Janaúba conta com uma equipe de psicólogos, enfermeiros, assistentes sociais, técnicos em enfermagem, monitoras de oficinas e colaboradores que atuam em serviços gerais. O CAPSi  é um serviço de saúde mental aberto a comunidade com ações intersetoriais  como um caminho facilitador de inclusão social, focado no acolhimento, cuidado e tratamento.  O objetivo dos serviços de saúde mental é prestar assistência ampla e integrada à infância e a adolescência com transtornos, oferecendo cuidados clínicos psiquiátricos e a reabilitação psicossocial  para os pacientes e familiares com a assistência terapêutica necessária trabalhando na saúde.


O psicólogo e coordenador do Centro, Daniel Corrêa, explica que o CAPSi em Janaúba atua de portas abertas para atender toda a comunidade que busca pelo serviço. “O CAPSi trabalha de forma diferente dos modelos antigos e tradicionais (manicômios) para tratamento do sofrimento mental ou uso de substâncias. De forma acolhedora e sigilosa estamos abertos para o acolhimento e escuta de qualquer demanda. Nesse sentido cuidamos de toda a família envolvida nos casos entendendo  que o atendimento familiar se faz necessário para auxiliar e favorecer na melhora do tratamento”. No espaço são atendidos casos como, sofrimentos mentais, autismo, esquizofrenia, déficit de atenção, uso de substâncias químicas dentre outros. O trabalho feito pela equipe do CAPSi tem tido um direcionamento multifocal, uma vez que através do projeto “Entre Muitos”, ele tem prestado atendimento diferenciado levando em conta o trabalho multiprofissional.


Porta de entrada para a Unidade de Acolhimento Infanto Juvenil (Uai) que faz o acolhimento dos adolescentes que fazem abuso de substâncias, o CAPSi Raio de Sol possui um serviço humanizado e articulado com a rede. O objetivo desse serviço é olhar a criança e o adolescente atendido como “um sujeito em toda a sua subjetividade, focando assim na sua responsabilidade e emancipação proporcionando seu desenvolvimento”, como explica Daniel. Para isso as oficinas são realizadas a fim de que as crianças e adolescentes se insiram socialmente em ações que contribuam para seu crescimento.  O coordenador afirma ainda que o CAPSi “além de promover ações de cuidado e tratamento com os métodos de atendimentos individuais, familiares e em grupo, conta com ações de supervisão da equipe. Mensalmente são realizadas reuniões com os representantes técnicos dos municípios que participam da rede de atendimento da unidade em Janaúba com o intuito de auxiliar no desenvolvimento dos casos, na estruturação da Rede de Atenção e no trabalho. As reuniões são coordenadas pelo psicanalista Antônio Pinto de Oliveira Neto. Reuniões diárias com a equipe interna também são feitas onde acontecem discussões intersetoriais, estudos de casos e o aprimoramento clínico resultando na ampliação da direção dos casos atendidos.”. Quem necessitar pelo serviço pode procurar o CAPSi que fica situado a Rua Ferrovia, Bairro Padre Eustáquio, próximo a praça do Triângulo, com plantões de segunda a sexta-feira, das 08 às 17 horas.