Notícias

Janaúba em Rede: movimento para o desenvolvimento da Cidade de Janaúba

Movimento de participação da sociedade na idealização e implantação de ações para o desenvolvimento de Janaúba.

Movimento de participação da sociedade na idealização e implantação de ações para o desenvolvimento de Janaúba. Esse é o objetivo do programa Janaúba em Rede, desenvolvido pela Prefeitura Municipal de Janaúba em parceria com a sociedade civil organizada e com a população janaubense. A fim de esclarecer esse objetivo, a Prefeitura Municipal de Janaúba juntamente com entidades parceiras, realizou na noite da última quinta-feira, 29 de Agosto, a palestra ‘CONSCIÊNCIA SOLIDÁRIA – Parcerias para o Sucesso’ ministrada pelo Administrador e Consultor em Desenvolvimento Organizacional, José da Paz Cury, que teve como proposta, esclarecer sobre a participação das pessoas nas ações para alavancar projetose energizar equipes de alto desempenho nas empresas e administrações públicas. O evento aconteceu no auditório do Centro Cultural Marly Sarney e atraiu mais de 500 pessoas. O público foi composto por representantes da sociedade civil organizada, de comunidades locais além de líderes políticos. Dentre as entidades participantes do movimento então instituições tais como Iter, Sebrae, Rotary Clube, Codevasf, Grupo 21, Senac, DER, Câmara Municipal de Janaúba, Emater, Rotay Janaúba Sul, Lions, Polícia Civil, OAB, Copasa, Associação Cultural, ADSEG, ACIJAN, Polícia Militar, SINDIPREJ além de Secretários Municipais.


As atividades de efetivação do movimento Janaúba em Rede começaram desde o mês de julho através de ações para elaboração do Plano Plurianual para o período de 2014 a 2017. Foram realizadas reuniões em comunidades da cidade cujo intuito era ouvir os anseios da população e, a partir disso, criar propostas de melhoria para todo o município, como explica a Secretária de Planejamento, Débora Zdrádek de Mello. “A administração pública tem por obrigação legal no início de suas funções, elaborar o Plano Plurianual que contém as políticas, os programas e as ações a serem executados nos próximos quatro anos de mandato. Iniciamos esse processo de elaboração tendo em mente que não era possível criar um plano se não tivéssemos o envolvimento da comunidade. Nesse sentido, decidimos realizar um plano participativo e, junto a entidades importantes que aderiram ao nosso objetivo, começamos nosso trabalho. Levamos essa ideia para a sociedade de Janaúba e inciamos as visitas as comunidades da cidade. Ao todo foram 22 reuniões em bairros de Janaúba onde ouvimos a população que discutiu as prioridades a serem trabalhadas. Nesses encontros passamos a realizar não somente a elaboração do plano mas a gestão integrada das ações desta administração. Criamos então uma rede, onde vamos trabalhar, junto a sociedade, eixos necessários para o desenvolvimento de Janaúba sendo eles a promoção e proteção a saúde; o apoio a segurança púbica; a prevenção e combate ao uso de drogas; a proteção ao meio ambiente e o apoio a educação.”.


O conceito de trabalhar em rede já é utilizado por muitas empresas e na administração pública há alguns anos. Ele se trata de envolver as entidades e a população na própria administração a fim de alcançar um objetivo em comum, que nesse caso, é o desenvolvimento da Cidade de Janaúba. Débora afirmou ainda que o movimento Janaúba em Rede “não é um movimento político partidário e sim um movimento de implantação de políticas públicas para o desenvolvimento da Cidade sendo preciso contudo, que a sociedade se mantenha organizada e coesa para que esse movimento seja efetivo e traga resultados.”. Para a Secretária de Planejamento, “a prefeitura é grande parceira desse programa mas é a sociedade a principal peça para que esse trabalho tenha prosseguimento. Nas diretrizes estabelecidas no plano é fundamental a participação e o apoio das esferas da administração pública e de toda a sociedade, que sem dúvida, têm conhecimento dos desafios que são necessários enfrentar para o desenvolvimento do município.”.


Em sua fala, o palestrante José da Paz Cury ressaltou que para que a rede aconteça é preciso que haja a adesão das pessoas à proposta feita. “O trabalho que está sendo implantado em Janaúba é fruto da união de entidades que antes atuavam isoladamente. Juntas, e através de um planejamento feito a longo prazo, tem-se hoje um programa que necessita do compromisso social das pessoas para que realmente aconteça. Em minha palestra, mostro a todos a importância de uma consciência solidária, em que o envolvimento emocional é o que motiva a execução das ações de melhorias.”. Cury afirmou também que a sociedade tem de ter um modelo mental novo, participativo e motivado, em as pessoas busquem se inteirar pelos acontecimentos que as norteiam. “A população está cansada e insatisfeita com a situação vivida no país. Por isso é preciso que movimentos organizados de transformação aconteçam e que a sociedade esteja motivada a participar dessas ações. Janaúba realiza um marco zero no resgate da cidadania e, para quem ainda não aderiu a esse processo, eu digo que é preciso se inteirar e buscar participar para que ao final todos consigam ter o bem estar social almejado.”.


Para o Prefeito Yuji Yamada, a participação da população na administração da cidade se faz necessário para a realização de um trabalho de sucesso. Yamada acredita que a dedicação, o empenho e a união das pessoas, resultará no desenvolvimento de Janaúba garantindo assim mais qualidade de vida para os janaubenses. “Ninguém administra uma cidade sozinho. Só podemos ter grandes resultados, se tivermos pessoas dedicadas e envolvidas em um objetivo em comum. Por isso, precisamos unir esforços para que juntos possamos implantar projetos que gerem crescimento para a nossa cidade e para os moradores que aqui vivem. Se estivermos unidos, somos capazes de trabalhar para que Janaúba cresça e permita que a população tenha seus objetivos realizados. Assim peço a população janaubense que se mobilize e participe desse movimento que vai transformar Janaúba e promover o desenvolvimento do nosso município.”.